Lindeflop - a diferença entre jogar n'A Grande Mentira e lá fora na civilização




Já não é novidade para ninguém a incapacidade que os jogadores vendidos pelo benfica têm em se adaptar a jogar nos campeonatos "lá de fora", na civilização. Ontem, durante o jogo da Supertaça Europeia passei pelo fórum do Manchester United e foi enternecedor ver alguns foristas a perguntarem-se qual seria a razão para Lindelof, que era um talento em Portugal, ser menos que banal em Inglaterra (ou na Macedónia).

É claro que os nossos amigos ingleses, tal como os alemães com o Renato, estranharam. Cá jogavam em "missas" arbitradas pelos "padres" indicados pelos Adões Mendes desta vida.

Cá, se vissem um amarelo justo, alguém enviava um email a dizer que era preciso dar-lhe cabo da nota.

Todos parecem craques em equipas a quem não são assinalados foras-de-jogo, contra quem não são assinaladas grandes penalidades contra e onde reina a impunidade.

E se houver algo para punir, de certeza que o amigo no TAD há-de tratar disso...






Comentários