Porto e um falhanço chamado Marco Silva




As notícias têm-se sucedido e, aparentemente, Marco Silva nunca será treinador do Porto. À primeira vista parece apenas uma questão de opções mas, analisando a fundo, é muito mais que isso.

Financeiramente

O Porto apresenta um projecto completamente descuidado. A obrigação de pagar mais de cem milhões de euros impõe limites orçamentais que se esbarram nas pretensões do técnico que foi incapaz de manter o Hull City na primeira liga inglesa com um plantel avaliado em cerca de 110 milhões de euros.

Mesmo o ordenado disponível para Marco Silva estará, alegadamente, bem abaixo do desejado pelo ex-técnico do Sporting. O que também ajuda a balizar as coisas nos seguintes moldes: Nos últimos anos, o Sporting Clube de Portugal foi capaz de contratar Leonardo Jardim, Marco Silva e Jorge Jesus. Já o Porto falhou a contratação de Jorge Jesus e Marco Silva, recomeçando o "projecto desportivo" por quatro vezes com Paulo Fonseca, Lopetegui, Nuno Espirito Santo e o futuro novo treinador. Resumindo: O Porto, que todos temíamos há meia-dúzia de anos, não tem poder financeiro para contratar um treinador que o Sporting demitiu.

Desportivamente

Apesar da entrada directa na Liga dos Campeões, o plantel actual do Porto oferece muito poucas garantias. Se tivermos em conta que muitos dos jogadores serão vendidos para evitar o incumprimento do Fair Play Financeiro, mais dúvidas se instalam ainda sobre o projecto desportivo do Porto.

Mais que isso, Marco Silva não é um treinador conhecido pela solidariedade para com a entidade patronal. Foi assim no Estoril, no Sporting, no Olympiacos e no Hull City. Imaginem o impacto desta deslealdade num Porto que vai entrar no seu quinto ano sem qualquer troféu.


A mais pesada das razões

Marco Silva é um treinador que vive da sua boa ligação com a imprensa. As constantes notícias positivas por parte de alguns órgãos de comunicação social e de alguns social media managers sobre Marco Silva não são obra do acaso. Marco Silva, é um técnico que trabalha bem a sua imagem. Mas, em Portugal, a imprensa desportiva é maioritariamente controlada pelo benfica e isso iria pesar no momento em que fosse preciso criticar as decisões de Marco Silva. Penso mesmo para que lado cairia o coração de Nuno Farinha, director adjunto do Record, no momento em que pudesse atacar o Marco ou defender o benfica.


Este falhanço acabou por deixar bastante claro duas coisas:

1) Marco Silva é um treinador medroso e incapaz de aceitar um projecto fora da sua zona de conforto. Tê-lo deixado sair foi uma das melhores decisões desta direcção.

2) Confirma-se que o temível Porto do principio do século acabou de vez. Não têm, sequer, dinheiro para contratar um treinador que não serviu para o Sporting e desceu um clube à segunda liga inglesa. Muito menos capacidade para dar a um novo treinador os jogadores que este precisar para montar um plantel competitivo. O Porto transformou-se naquilo que o Sporting era há cinco anos: um cemitério de treinadores.


Comentários

  1. Muito pertinente, Parabéns!
    Apenas um pedido de esclarecimento: porque refere que o Porto tem a obrigação de pagar mais de cem milhões de euros? E em que prazo?
    Se for para pagar já a curto prazo, então a comparação com o Sporting é abissal (cujo passivo total da SAD é de 150 milhoes, a pagar conforme for podendo), o queexplica a diferença de cenários.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Porto tem apresentado prejuizos constantes, o que viola o Fair Play Financeiro imposto pela UEFA. Neste momento, o valor do prejuízo ultrapassa os 100ME. Assim sendo, para evitar a proibição de inscrição de jogadores e/ou a não participação em provas da UEFA, o Porto tem que realizar mais de 100ME em vendas.

      Eliminar
    2. Obrigado pela informação.
      Em caso de não fazer essa verba, que consequências poderão existir? Outra questão é saber se, em caso de incumprimento, a sanção vai mesmo em frente? poderá beneficiar o Sporting de algum modo? SL

      Eliminar
  2. Tenho pena que o Marco nao va para o Porto porque era certo que iam ter outra epoca de m%&da e cheia de problemas.

    ResponderEliminar
  3. Uma questão. Se o porto for exluido das competições europeias ainda pode ter efeitos para a próxima época? Se sim isso implica que o Sporting tenha entrada directa e o Guimarães vá ao playoff?

    ResponderEliminar
  4. A dita boa ligação de Marco Silva à Imprensa tem uma explicação: amizades. É mais do que sabido que ele e Carlos Daniel são amigos do peito - aquelas "bocas" sobre Marco Silva ser a melhor coisa que aconteceu ao futebol português desde Mourinho falam por si. Como também é mais do que sabido que Marco Silva e Rui Pedro Braz são amigos de infância.
    Ora, como estes dois estão eles próprios, por assim dizer, muito bem conectados, é todo uma espécie de efeito dominó a partir daí.

    ResponderEliminar
  5. Já não me interessa o Marco Siva. É-me igual que vápara o Porto ou para o Cucujães, a não ser que a tal cláusula anti-rivais ainda esteja válida.
    No entanto acho que afirmar que Marco Silva não aceite desafios fora da zona de conforto parece-me um bocado exagerado. Ele foi treinar o Hull City numa altura muito difícil. Se isso não é sair de zona de conforto, não sei o que será!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário