Rui Santos destrói Comissão de Arbitragem



Rui Santos falou ontem, no seu programa semana, sobre o Conselho de Arbitragem e não foi nada meigo. Chamou a atenção para a falta de liderança e criticou os pedidos de esclarecimento à UEFA sobre lances específicos. Também deixou claro a sua posição sobre os petardos no Algarve e no Estoril.


Sobre a falsa notícia ontem da UEFA ter dado razão a Jorge Sousa.

"Eu queria saber em que termos é que a UEFA dá razão a Jorge Sousa e, aliás, desafio o CA a divulgar exactamente aquilo que foi a posição da UEFA relativamente a esta situação para nós percebermos todos porque realmente vai aqui uma grande confusão"

"Há aqui uma tentativa de descredibilizar a posição de alguns ex-árbitros que são neste momento comentadores"

"Eu não estou a ver a UEFA a responder a questões específicas... já reparaste o que é cada federação europeia pega num conjunto de lances das respectivas jornadas para a UEFA e diz 'senhores da UEFA, em relação a este lance diga-me lá se isto está bem ou não'. E isto replicado por várias ligas. Isto faz algum sentido?"

"Quando o próprio conselho de arbitragem se disponibiliza para consultar a UEFA... Mas o CA também tem dúvidas? Está a lançar um manto de dúvidas sobre tudo e sobre todos sobre as suas próprias dúvidas"



Sobre o 3º golo do Boavista

"Queria desafiar o CA a dizer exactamente em que condições é que a UEFA se pronunciou sobre este lance porque há aqui uma questão de interpretação que é: o jogador interfere neste lance? O jogador num primeiro momento não toca na bola. Onde é que ele aqui condiciona a acção do guarda-redes? Para mim, não condiciona em momento nenhum! E, portanto, não interfere."

"Eu sei que, por exemplo, a figura importante David Elleray sobre esta situação pronunciou-se no sentido contrário àquilo que o CA diz que foi a posição da UEFA... portanto está aqui montada uma grande confusão. Acho que o CA está a querer defender-se a si próprio, mas não tem contribuído para esse esclarecimento e tem dado sinais de grande fragilidade"

"Eu não sei se neste momento se a situação no CA e se a arbitragem em Portugal não está quase numa situação de ingovernabilidade porque mais valia ao CA assumir que isto está dificílimo, que o ambiente está duma maneira que as pressões são imensas e vão ser ainda maiores com a aproximação do porto ao benfica vão ser ainda maiores"

"Mais valia o CA declarar uma espécie de estado de emergência e dizer à UEFA (em vez de pedir recomendações) 'meus amigos nós em Portugal temos uma situação em que as claques visitam os nossos centros de treinos, já fizemos reuniões com os clubes - umas privadas, outras públicas - estamos aqui debaixo, isto está um vulcão'. Em vez de pedirem pareceres sobre lances específicos, dizerem "senhores da UEFA, ajudem-nos. isto está ingovernável. mandem-nos uns árbitros estrangeiros para os jogos" - isto vai piorar"



"Acho que isto tem muito a ver com a gestão do CA está a fazer [...] nós temos um presidente do CA que é líder? [...] não tenho dúvidas nenhumas da bondade, do bom espirito, da vontade construtiva do presidente do CA mas julgo que ele tem aqui um problema: está a tentar ser simpático para todas as clientelas e está-se a perder nesta simpatia e isso chama-se falta de liderança e pode ser um problema para as próximas jornadas"

Sobre o não fora de jogo de Alan Ruiz

"Esses exemplos dados mostram bem a falta de bom senso. Nós estamos a falar de um fora de jogo de um metro. Era o que faltava que viessem dizer que aqui havia fora de jogo. Por amor de Deus... não brinquem também com o bom senso das pessoas e com aquilo que toda a gente vê"



Sobre os Petardos

"Essa foi uma das partes mais gravosas [...] isto que se passou no Estoril - Porto e no Braga - Moreirense é absolutamente inaceitável. [...] isto tem correspondido apenas a multas pecuniárias e enquanto não fizerem jogos à porta fechada.... É altura de começarem a jogar à porta fechada os clubes cujos adeptos não se sabem comportar"







Comentários

  1. a opacidade continua: http://taticadomister.blogspot.pt/2017/02/a-anti-transparencia-do-ca-da-fpf.html

    ResponderEliminar

Enviar um comentário